Linguagem de ProgramaçãoPHPProgramaçãoTutoriais

PHP – Introdução

O PHP começou como um pequeno projeto de código aberto que evoluiu à medida que mais e mais pessoas descobriam o quão era útil. Rasmus Lerdorf lançou a primeira versão do PHP em 1994.

  • PHP é um acrônimo recursivo para “PHP: Hypertext Preprocessor”.
  • PHP é uma linguagem de script do lado do servidor incorporada em HTML. É usado para gerenciar conteúdo dinâmico, bancos de dados, rastreamento de sessões e até criar sites de e-commerce completos.
  • É integrado a vários bancos de dados populares, incluindo MySQL, PostgreSQL, Oracle, Sybase, Informix e Microsoft SQL Server.
  • O PHP é agradável em sua execução, especialmente quando compilado como um módulo Apache no lado Unix. O servidor MySQL, uma vez iniciado, executa consultas ainda muito complexas, com enormes conjuntos de resultados em tempo recorde.
  • O PHP suporta um grande número de protocolos importantes, como POP3, IMAP e LDAP. O PHP4 adicionou suporte para Java e arquiteturas de objetos distribuídos (COM e CORBA), tornando o desenvolvimento em n camadas uma possibilidade pela primeira vez.
  • O PHP perdoa: a linguagem PHP tenta ser o mais perdoadora possível.
  • A sintaxe do PHP é semelhante a C.

Usos comuns do PHP

  • O PHP executa funções do sistema, ou seja, a partir de arquivos em um sistema, ele pode criar, abrir, ler, escrever e fechá-las.
  • O PHP pode lidar com formulários, ou seja, coletar dados de arquivos, salvar dados em um arquivo, por e-mail você pode enviar dados, retornar dados ao usuário.
  • Você adiciona, exclui, modifica elementos no seu banco de dados através do PHP.
  • Acesse variáveis ​​de cookies e defina cookies.
  • Usando o PHP, você pode restringir os usuários a acessar algumas páginas do seu site.
  • Pode criptografar dados.

Características do PHP

Cinco características importantes tornam possível a natureza prática do PHP –

  • Simplicidade
  • Eficiência
  • Segurança
  • Flexibilidade
  • Familiaridade

Script “Olá Mundo” em PHP

Para ter uma idéia do PHP, primeiro comece com scripts PHP simples. Desde “Olá, mundo!” é um exemplo essencial, primeiro criaremos um pequeno simpático “Olá, mundo!” roteiro.

Como mencionado anteriormente, o PHP é incorporado em HTML. Isso significa que, entre seu HTML normal (ou XHTML, se você é de ponta), você terá instruções PHP como esta:

<html>

<head>
<title>Hello World</title>
</head>

<body>
<?php echo "Hello World!";?>
</body>

</html>

Produzirá o seguinte resultado –

Hello World!

Se você examinar a saída HTML do exemplo acima, notará que o código PHP não está presente no arquivo enviado do servidor para o seu navegador da Web. Todo o PHP presente na página da Web é processado e retirado da página; a única coisa retornada ao cliente pelo servidor da Web é a saída HTML pura.

Todo o código PHP deve ser incluído dentro de uma das três tags de marcação especiais ATE são reconhecidas pelo Analisador PHP.

<?php Código PHP ?>

<? Código PHP ?>

<script language="php"> Código PHP </script>

A tag mais comum é a <?php … ?> E também usaremos a mesma tag nos próximos tutoriais.

Etiquetas

Lucas Keaton

Criador do site TecForest, aprendi PHP aos 14 anos e desde então continuei estudando e procurando aprender mais sobre programação. Sou apaixonado por tecnologia e tenho como Hobby Blogs e Páginas. Me formei em Análise e Desenvolvimento de Sistemas em 2016, também sou Técnico em Informática e em Manutenção em Celulares.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar