O programa de capacitação online AceleraDev Loadsmart Women Edition, promovido em parceria com a Code:Nation, está com inscrições até 17 de fevereiro. A aceleração é gratuita para as participantes e tem como objetivo incluir mais mulheres no setor de tecnologia por meio da educação. As profissionais que apresentarem melhor desempenho serão recrutadas pelaLoadsmart, empresa nova-iorquina que desenvolve soluções logísticas com escritórios em Chicago, El Salvador, Filipinas e Florianópolis.

Após o período de inscrições, as candidatas passarão por uma etapa de entrevistas, na qual serão selecionadas as participantes da aceleração online, que durará 5 semanas. Além disso, o programa é exclusivo para o público feminino, incluindo tanto mulheres quanto trans. A expectativa é preparar 12 profissionais para atuar no mercado de tecnologia, focando na linguagem Python.
 
A iniciativa de criar um programa específico para o público feminino partiu da coordenadora do setor de RH da Loadsmart na capital catarinense, Julia Antipoff. “No time de engenharia de software da Loadsmart, as mulheres representam menos de 10%. Sabe o que isso significa? Atualmente temos apenas duas mulheres no time de engenharia, mas nenhuma trabalha no escritório de Florianópolis”. Ao tentar entender o motivo das mulheres não terem mais representatividade na empresa, Julia destaca duas razões: relocação para o exterior ou desistência durante o processo seletivo por se sentirem despreparadas. Foi então, que surgiu a ideia do AceleraDev Loadsmart Women Edition.
 
Esta não é a primeira vez que a empresa faz parceria com a Code:Nation, que busca suprir a demanda de profissionais especializados na área de tecnologia por meio da capacitação. Quando chegou a Florianópolis, a Loadsmart também recorreu à startup para recrutar seus funcionários. “Cerca de 80% dos funcionários e o CTO (Diretor-Chefe de Tecnologia ou Chief Technology Officer) da empresa, na sede de Florianópolis, foram selecionados com o auxílio da Code:Nation. “Eles foram uns dos primeiros clientes que atendemos quando começamos em 2017”, conta o CEO da Code:Nation, Eduardo Varela.
 
Leonardo Werk é desenvolvedor Back End na Loadsmart, em Florianópolis, e foi um dos participantes do primeiro programa de aceleração da Code:Nation. Ele ficou sabendo do programa através de uma divulgação enviada para o grupo de alunos do curso de graduação em Engenharia de Controle e Automação. “Nesse curso, programação é abordado como uma ferramenta, não há muito foco em computação e desenvolvimento de software. Então, quando eu estava chegando no final, sabia que gostaria de trabalhar com isso, mas não tinha muita noção de como começar e ter minhas primeiras experiências. Participar da aceleração me ajudou bastante nesse processo de conhecer a profissão e a indústria, assim como entender melhor os caminhos que minha carreira poderia traçar”, relembra ele.
 
Segundo Julia, o escritório brasileiro da Loadsmart em Florianópolis conta com 24 pessoas atualmente e a meta, conforme o plano de crescimento, é chegar a cerca de 60 funcionários até o fim de 2019. “A empresa começou 2018 com aproximadamente 30 pessoas globalmente e hoje já tem mais de 100 colaboradores em Nova Iorque, Florianópolis, Chicago, El Salvador e Filipinas”, diz. A empresa tem crescido rapidamente e, para isso, conta com parcerias estratégicas, como a Maersk, que liderou uma rodada de investimento de 21,6 milhões de dólares no final de 2018.
 
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui