Segurança

Zoom: Hackers cobram US$ 500 mil em falha segurança

Aqui está uma linha do tempo de cada problema de segurança descoberto no aplicativo de bate-papo por vídeo.

Como a pandemia de coronavírus forçou milhões de pessoas a ficarem em casa no último mês, o Zoom de repente se tornou o serviço de reunião de vídeo escolhido: os participantes da reunião diária na plataforma subiram de 10 milhões em dezembro para 200 milhões em março.

Com essa popularidade vieram os riscos de privacidade do Zoom que se estendem rapidamente a um grande número de pessoas. Desde recursos integrados de rastreamento de atenção até aumentos recentes em “Zoombombing” (em que participantes não convidados invadem e interrompem reuniões com conteúdo pornográfico ou cheio de ódio), as práticas de segurança do Zoom têm chamado mais atenção — juntamente com pelo menos três processos contra a empresa.

Aqui está tudo o que sabemos sobre a saga de segurança zoom, e quando aconteceu. Se você não estiver familiarizado com os problemas de segurança do Zoom, você pode começar de baixo e trabalhar até as informações mais recentes. Continuaremos atualizando essa história à medida que mais problemas e correções vierem à tona.

Via
CNet
Etiquetas

Thiago Rodrigues

Graduando em Eng. de Software. Atua no mercado do Marketing digital desde de 2015. Está se especializando em desenvolvimento de IA.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar