AtaquesNotícias

O que leva empresas a estarem tão vulneráveis a ataques hackers? Especialistas explicam

Mais de 300 mil computadores em 150 países foram afetados pelos ataques do último dia 12. Maior parte das máquinas usava versões dos sistemas que ainda tinham suporte.



De acordo com especialistas, faltou agilidade às organizações, tanto por causa da complexidade de suas redes quanto por negligência, para corrigir uma vulnerabilidade que já era conhecida.
Principalmente porque, ao contrário do que se suspeitou inicialmente, o Windows XP não foi um dos grandes responsáveis pela contaminação. Quase 98% dos computadores afetados utilizavam Windows 7, sistema operacional lançado em 2009 pela Microsoft que ainda tinha suporte da empresa e é atualmente o mais utilizado no mundo, afirmou na última sexta-feira (19) a firma de segurança digital russa Kaspersky.
A falha utilizada pelo vírus WannaCry, usado no ataque, foi roubada da Agência Nacional de Segurança dos EUA (NSA) e revelada por um grupo de hackers, autointitulado The Shadow Brokers. A Microsoft relata ter corrigido o problema em março, através de um pacote de atualização.
“O mundo todo da segurança sabia dessa questão, porque envolveu o vazamento”, explica o presidente-executivo da empresa de consultoria de segurança Conviso, Wagner Elias.Veja mais clicando aqui


“Não foi uma falha que pegou todo mundo de surpresa. O que falta às vezes é senso de urgência às empresas.”



Lucas Keaton

Criador do site TecForest, aprendi PHP aos 14 anos e desde então continuei estudando e procurando aprender mais sobre programação. Sou apaixonado por tecnologia e tenho como Hobby Blogs e Páginas. Me formei em Análise e Desenvolvimento de Sistemas em 2016, também sou Técnico em Informática e em Manutenção em Celulares.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar