Estudante de Sistemas de Informação é astro do futebol virtual - TecForest

NEWS

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Estudante de Sistemas de Informação é astro do futebol virtual


O Brasil é o país do futebol. A frase é para lá de batida, mas, no século XXI, cabe ressaltar um novo e importante aspecto: também no virtual. E assim como Neymar é o astro da modalidade real, o estandarte brasileiro dos gramados feitos com pixels atende pelo apelido de GuiFera, sua alcunha no Pro Evolution Soccer, game que atua como profissional desde 2014. Paulista de 17 anos, o esportista disputará em junho, em Cardiff, junto com a final da Liga dos Campeões, seu segundo Mundial da categoria.
Bicampeão brasileiro e vencedor da primeira edição do e-Campeonato Brasileiro – torneio organizado pela CBF -, GuiFera também é o atual segundo melhor esportista do mundo de PES. Ano passado, em Milão, foi derrotado na final do Mundial para o francês Walid “Usmakabyle”. No último sábado, no Monumental de Núñez, na Argentina, ao terminar em terceiro na Seletiva das Américas, carimbou o passaporte para tentar de novo o título inédito para o Brasil.

Acredito que tenho chances no Mundial. Não é porque não conquistei o título que tudo vai desabar. Fiz um excelente campeonato e acredito no meu potencial. Estava perdendo por 2 x 0 (na disputa da vaga) e não estava sentido nada, estava muito tranquilo. Não passou em nenhum momento pela minha cabeça que seria eliminado. Mantive os pés no chão. Acredito que estou mais preparado, sim disse GuiFera, logo após conquistar a vaga.