Como transformar sua TV de tubo em uma smartTV - TecForest

NEWS

sexta-feira, 24 de março de 2017

Como transformar sua TV de tubo em uma smartTV


Você é aquela pessoa que fica lendo sobre TVs com entrada HDMI, com entrada USB, com sistema operacional, com Wi-Fi e pensando "quem dera a minha velha TV de tudo tivesse isso também"? Pois saiba que transformar sua TV de tubo numa TV inteligente pode ser mais simples e barato do que você imagina.
O segredo se chama "adaptador AV/HDMI". Basicamente, o que ele faz é transformar a saída AV de sua televisão (aquela que usa três cabos, de cor vermelha, branca e amarela) em uma saída HDMI. Com isso e mais alguns componentes simples de se encontrar, você consegue conectar dispositivos como Chromecasts e set-top boxes à sua TV.

Abaixo, ensinamos a fazer isso com mais detalhe:
Conectando um Chromecast à sua TV de tubo
Você vai precisar de: um Chromecast, uma TV de tubo (obviamente), um carregador de celular Android (com cabo microUSB), um adaptador AV/HDMI, e um cabo AV.
Primeiramente, encontre a entrada AV da sua TV e ligue o cabo AV nela. Ela terá três furinhos: um branco, um vermelho e um amarelo. Basta encaixar cada cabo no furo de cor correspondente. Na outra ponta do cabo, encaixe o adaptador AV/HDMI.
Em seguida, ligue o Chromecast na porta HDMI do adaptador. O dispositivo já estará pronto para enviar sinal à sua TV, mas ainda faltará uma coisa: energia. Aí que entra o carregador de celular microUSB. Ligue-o numa tomada próxima e conecte a outra ponta à traseira do Chromecast.
Alguns adaptadores AV/HDMI também precisam de energia. Nesse caso, pode ser útil ter um carregador de celular que vai na parede e que tenha duas saídas USB. Assim, se você tiver dois cabos, consegue ligar o Chromecast e o adaptador na mesma tomada. O vídeo abaixo ajuda a ilustrar o procedimento.

Quando tudo estiver ligado, use o controle da sua TV para selecionar a entrada AV. Ao fazer isso, você deverá ver a imagem do Chromecast. Você então pode usar seu celular para transmitir vídeos do Youtube, da Netflix ou de outros aplicativos para ele. Veja mais em OlharDigital 


Nenhum comentário:

Postar um comentário