Hackers russos invadem agência antidoping após atletas serem banidos de jogos - TecForest

NEWS

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Hackers russos invadem agência antidoping após atletas serem banidos de jogos


Segundo publicação da OlharDigital, um grupo de hackers russos conhecido como “Fancy Bears” invadiu o sistema da Agência Mundial Antidoping e divulgou arquivos médicos de atletas olímpicos, incluindo as tenistas Venus e Serena Williams e a ginasta Simone Biles.
Acredita-se que o ataque foi uma retaliação ao banimento de atletas russos após a descoberta de um programa de doping estatal de longa duração. Mais de 100 atletas foram impedidos de participar das Olimpíadas e Paralímpiadas.
Entre as informações vazadas está a de que as irmãs Williams faziam uso de substâncias proibidas, no entanto, a Agência Antidoping afirma que o uso era para fins terapêuticos e já havia autorizado.
“A Agência condena estes ataques cibernéticos que estão sendo realizados em uma tentativa de minar o sistema antidoping global”, afirmou o diretor-geral da organização Olivier Niggli em comunicado. “Estes atos criminosos estão comprometendo os esforços da comunidade mundial antidoping de restabelecer a confiança na Rússia”.
Aparentemente, os hackers usaram o método de phishing para conseguir as senhas administrativas.